24 de janeiro de 2019

Na Ritmhar, você aprende tocando o que gosta

A escola de música Ritmhar começa o ano de 2019 com uma série de novidades. A primeira delas é a ampliação da escola que dobrou de tamanho para atender à crescente demanda e proporcionar mais conforto a seus alunos e profissionais.

As aulas já começam, mas os horários são provisórios durante os meses de janeiro e fevereiro para aguardar que todos os alunos voltem de férias. As matrículas vão até o final de fevereiro com cursos para todas as idades.

Concurso de Marchinha de Carnaval

Outra novidade é que a escola vai realizar um concurso de marchinha de Carnaval. O concurso será dividido em três fases: na primeira, os alunos terão aulas sobre a história da marchinha e se aprofundarão no conhecimento sobre esse gênero musical, quem foram os precursores e  como ela surgiu no Brasil. Na segunda fase, os alunos vão trabalhar junto com o professor na construção da marchinha e a terceira fase culminará com a apresentação.

O concurso vai premiar não só o aluno, mas também o professor. “Nós vamos criar uma política de premiação para que o professor seja estimulado a buscar a excelência”, declara Jayme Nascimento, professor de música e proprietário da Ritmhar. O evento de premiação está previsto para acontecer no dia 28 de fevereiro. Além do concurso de marchinhas, estão na programação anual da escola evento do Dia das Mães e do Rock Day.

Novos Cursos

A escola terá ainda novos cursos como o de musicalização infantil para bebês a partir de quatro meses, os cursos coletivos de violão, canto e canto coral. “Nós teremos novos cursos. Vamos abrir agora o curso de musicalização para bebês a partir de quatro meses, com o professor Músico Pai. Além disso, nós abriremos os cursos coletivos de violão, canto e o curso de canto coral. Esses cursos coletivos são mais atrativos para os alunos tanto na socialização, quanto na questão financeira”, afirma Jayme. Dentro da grade ainda constam o curso de formação de banda e o curso de violão para a melhor idade, com a professora Camila.

Musicalização para bebê

O curso de musicalização infantil para bebê trabalha com estímulos, ajudando no desenvolvimento rítmico, da fala, motor e cognitivo da criança. “A gente trabalha muito com a questão do movimento. Tem criança que é mais tímida, comedida, e depois de umas aluas se solta, já vocaliza mais. A gente também trabalha com a musicalização com crianças que têm síndrome de Down. Tem toda uma musicoterapia, mas que é desenvolvida na formação da criança. Então, dentro dos aspectos que a gente pode ressaltar, tem essa questão da formação da criança, da linguagem, da vocalidade e do desenvolvimento motor,” afirma.

 

Curso para a melhor idade

A escola também oferece curso para a melhor idade. A música é uma importante aliada na preservação da memória, na expressão emocional, na socialização e na qualidade de vida do idoso. “O nosso curso é muito prático e acessível na questão formação do conhecimento. Não é um curso de teoria, no qual você tem que aprender a técnica do instrumento para depois tocar. Na verdade, é o contrário, a gente aprende a tocar para depois desenvolver a técnica. É como a língua materna, a gente aprende na escuta e depois começa a falar, e só depois aprende ler e escrever. A gente ensina aqui na escola dessa mesma maneira. A gente vê com a pessoa o repertório ‘Ah! o que você gosta de ouvir?’. Então trabalhamos em cima disso. E assim a gente vai construindo a linguagem, para depois trabalhar com a escritura e a escrita. Eu não preciso ler e escrever para falar. É nesse sentido que a gente trabalha. A pessoa que está aqui com todo aquele gás, com alegria, a aula se torna prazerosa e quando ela vê, no final da aula, ela já está fazendo muita coisa”, garante Jayme.

A Ritmhar fica no Center III – Sala 203 – Telefone: (31) 3370-9350. Whatsapp: (31) 99779-5464.