26 de fevereiro de 2019

Officina Vegana chega ao Alphaville

A Officina Vegana é a novidade gastronômica mais recente do Alphaville Centro Comercial e oferece alimentação vegana e saudável para os  moradores e frequentadores do local. O ambiente, de muito bom gosto, lembra as cafeterias ou delis nova-iorquinas.

A casa oferece pães de fermentação natural, cuja massa (massa madre, massa lêveda, levain ou sourdough) é obtida por meio da proliferação de lactobacilos e leveduras selvagens que precisam ser alimentados diariamente (com água e farinha) para permanecerem ativos. Por causa desse processo, os pães têm um sabor especial, levemente ácido.

O método utilizado resgata a forma antiga de se fazer pães, costume que foi se perdendo por causa da industrialização e da produção com fermentos químicos.

Os pães feitos na Officina levam até 30 horas para finalizar a fermentação, em um processo que exige técnica, tempo e paciência. Nenhum produto químico ou de origem animal é utilizado, já que a proposta é produzir alimentos frescos, saudáveis e veganos.

Nosso diferencial é a fermentação natural: não utilizamos fermento biológico para fazer o pão crescer, apenas farinha e água, o que deixa o pão aerado, leve e saboroso. O levain que utilizo foi feito há dois anos a partir da fermentação da cana de açúcar e das leveduras selvagens presentes no ar. Cuido dele diariamente para que fique forte e dê sabor, estrutura e perfume ao pão”, explica Cassius Silveira, chef e proprietário da Officina Vegana.

Ele comenta que o processo de fermentação lenta possibilita a eliminação das toxinas que nosso intestino não consegue liberar: “as leveduras e bactérias fazem o serviço”. A diferença entre os pães de fermentação natural e os pães comuns, que são feitos em duas ou três horas e utilizam fermento químico, leite e até “banha” de porco, é enorme. “Quem come esse tipo de pão tem a sensação de que comeu um tijolo, pode apresentar refluxo e desconforto intestinal.

Cassius salienta que o consumo de pães de fementação natural traz uma série de vantagens como: melhora da digestão, pelo fato de conter um teor menor de glúten, diminuição da sensação de estufamento, devido à liberação de gás carbônico durante o processo de fermantação mais demorada. Além disso, quando comparados aos pães comuns, o pão de fermentação natural possui um índice glicêmico menor, tem uma durabilidade maior, é probiótico e rico em nutrientes.

A ideia de criar a Officina Vegana no Alphaville surgiu da constatação de que existem poucos estabelecimentos que oferecem alimentação vegana. “Eu e minha esposa sentimos na pele a dificuldade de encontrar locais que ofereçam alimentação sem produtos de origem animal. Como moramos perto do Alphaville, decidi abrir a Officina no Centro Comercial.

“Atualmente estamos oferencendo pães e granolas, mas em breve vamos começar a produzir confits de tomate, jiló e abobrinha, patês de grão de bico, feijão branco, beterraba, guacamole, bem como sanduíches.” A proposta da Officina é oferecer também um brunch nos fins de semana, com nossos pães, frutas e produtos como tofu mexido, iogurte vegetal, babaganush de jiló, carpaccio de abobrinha, tabule de quinoa, cafés e capuccino com leite vegetal, sucos, além de bebidas especiais, como os vinhos selecionados pela Wine e cervejas artesanais. Outra etapa será a realização de cursos de pães de fermentação natural para serem feitos em casa e de pratos veganos.

Cassius atribui o fato de ser vegano à sua esposa e sócia Carol Mendonça. “Quando ela tomou a decisão de ser vegana, passei a cozinhar sem utilizar nenhum produto de origem animal. Depois de um tempo, já sensibilizado pela compaixão aos animais, percebi que era possível tanto comer bem, de forma saudável, como comer coisas gostosas, sem usar nada que envolvesse o sofrimento de outro ser. Isso fez uma diferença enorme em nossa vida. Foi uma das melhores decisões que eu já tomei”, garante.

Cassius é formado em Administração de Empresas e tem MBA’s em finanças, marketing e gestão comercial. Deixou para trás sua carreira administrativa e foi buscar treinamento em panificação na escola paulistana Levain, de Rogério Shimura. Estuda Gastronomia Vegana em Recife desde 2018, na primeira turma da Faculdade Metropolitana, única instituição a oferecer a modalidade no Brasil atualmente. “Uma vez por mês vou a Recife para fazer o curso, razão pela qual temos que fechar a Oficina em alguns finais de semana até o fim de 2019.”

Os clientes têm recebido bem as novidades trazidas pela Officina Vegana, segundo Cassius Silveira. A granola, por exemplo, tem tido muita procura. Feita com ingredientes nobres como castanhas diversas, nozes, sementes especiais, passas, lâminas de coco, açúcar de coco e pouca aveia, é muito rica e saborosa. “Tenho recebido muitos feedbacks positivos, e as poucas críticas e sugestões que chegaram foram muito bem acolhidas e prontamente incorporadas. Pães como baguete, foccacia de alecrim, multigrãos, figo e nozes, ciabatta, azeitonas, cacau e nozes têm ótima saída. Os clientes vêm, voltam e indicam amigos, familiares e vizinhos. Essa é nossa maior satisfação! Atualmente quase 1/3 da nossa produção vem de encomendas.”

A Officina funciona de quarta a sexta-feira, com fornadas a partir de 17h até 20 horas. Aos sábados, de 9h a 14h30.

A Officina Vegana fica no Center II – Loja 104. Telefone: (31) 99663-7373.

Fotos: Officina Vegana